Saiba por que seu emprego pode depender da sua marca pessoal

Você sabia que o seu emprego pode depender da sua marca pessoal? Tanto para conseguir uma vaga, quanto para se manter no seu cargo atual dentro da empresa?

Pensarmos sobre a nossa própria marca pode não ser tarefa fácil, muito menos moldá-la. Somos quem mais sabemos sobre nós mesmo, mas nossos gestos e falas costumam sair tão no automático que não refletimos muito sobre elas.

Aqui você irá entender do que se trata exatamente esse marca pessoal, como ela pode te ajudar no ambiente de trabalho e algumas dicas para construir uma boa imagem de si mesmo.

Saiba por que seu emprego pode depender da sua marca pessoal

O seu emprego pode depender da sua marca pessoal, pois a imagem que você passa (principalmente a primeira impressão) influência como as pessoas irão ver e considerar você.

Pense no seu melhor amigo, ou em alguém muito próximo da sua família. Agora, descreva-o mentalmente. Provavelmente algumas características saltaram à sua mente. Essa é a marca pessoal da pessoa que você pensou.

O que será que as pessoas pensam ou falam quando se referem a você? É difícil responder essa pergunta. Quer uma dica? Pergunte para alguém próximo e exija que seja uma resposta rápida, que não dê tempo de muita reflexão.

Dessa maneira a pessoa pensará nas características mais marcantes que você reflete. Elas podem ser boas ou ruins, mas sempre podemos melhorar nossos defeitos, por isso que trabalhar na sua imagem é importante.

A sua marca é um conjunto de coisas: pode ser a maneira com que você cumprimenta as pessoas, o estilo de roupa que você usa, seu sotaque… São características que saltam aos olhos de quem o vê pela primeira vez.

Caso você não tenha as melhores características (pode nem ser proposital, apenas questões de costume) seu emprego pode depender da sua marca pessoa.

Dicas para construir a sua marca pessoal

Algumas características são muito importantes no mercado de trabalho. Caso você esteja em uma entrevista, por exemplo, a primeira impressão será levada em consideração pelos recrutadores.

Faça uma análise de si mesmo

Esse é o primeiro passo: faça uma análise sobre si mesmo. Pense em como você age, quais são os seus assuntos, se você fala de mais ou de menos, se tem algo que poderia melhorar, etc.

Analise seu visual e seus materiais de trabalho

A aparência é, sim, importante. Não estamos falando sobre roupas e acessórios caros, mas sobre estar bem vestido. Não use roupas sujas, amassadas ou peças que não estejam combinando.

Pense em como você trata as pessoas no cumprimento

O cumprimento é muito importante. Seja simpático no seu ambiente de trabalho, não deixe de cumprimentar as pessoas e tenha um aperto de mão firme.

Tenha alto desempenho profissional

Sempre procure ter um bom desempenho profissional. Ser reconhecido como “folgado” dentro de uma empresa é a pior imagem que você pode passar para a equipe e superiores.

Marca pessoal na internet

O seu emprego também depende da sua marca pessoal na internet. Hoje em dia é muito comum os recrutadores olharem as redes sociais dos profissionais que irão entrevistar.

Fique atento, evite compartilhar coisas indevidas, fazer piadas de cunho preconceituoso ou demonstrar que você não gosta de compromissos ou de trabalhar. Essas questões podem ser eliminatórias para quem não o conhece.

Sua marca pessoal no emprego é muito importante. Não estamos dizendo que deva ser outra pessoa, mas trabalhar as suas características para demonstrar o melhor de você é uma ótima maneira de se destacar no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *